Como Funcionam as Provas para Ingressar no Ensino Superior

O Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido como Enem é uma prova utilizada como uma forma de avaliar o rendimento escolar tanto dos alunos quanto dos professores da rede pública na atualidade.

O Enem é realizado em duas etapas, uma no sábado e outra do domingo. A inscrição enem 2019 ocorre no início de maio, e as provas ocorrerão em outubro. No Sábado temos as provas de Ciências Humanas e da Natureza, cada uma com 45 perguntas, totalizando 90 questões. No domingo, são mais 90 questões: 45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Linguagens e Códigos mais a Redação. As questões são todas de múltipla escolha, e a redação deve ter no mínimo 7 linhas.

Como Funcionam as Provas para Ingressar no Ensino Superior
Como Funcionam as Provas para Ingressar no Ensino Superior

Como Funciona o Enem

O ENEM continuará seguindo os mesmos critérios das edições anteriores do Exame Nacional do Ensino Médio. Havia a possibilidade de ter duas edições do Enem em 2019, mais essa opção foi descartada e seguira o mesmo cronograma de 2015.

Como todos já devem saber as provas deverão acontecer em novembro, que será dividida em dois dias. O edital do ENEM 2019 deve ser lançado um pouco antes do mês de maio, período que se caracteriza pelas inscrições dos estudantes.

A grande importância do Enem é a capacidade que o mesmo tem em fazer com que você consiga ingressar em uma faculdade particular através do ProUni (Programa Universidade para Todos) e também em faculdades estaduais e federais do Brasil inteiro, pois elas utilizam a nota do Enem nos seus processos seletivos.

As notas obtidas no ENEM poderão ser utilizadas nos programas Prouni e SISU, que concederão bolsas de estudos para os estudantes que tiveram bom desempenho no Exame. Enquanto não sai o gabarito do ENEM, comece a estudar desde já para obter um bom desempenho na prova.

Para mais informações e dúvidas você pode consultar no portal do Inep.

 

Melhora da educação é tema de projetos

Três projetos de lei que visam a melhorar a qualidade do ensino em Belo Horizonte e a aumentar a participação dos estudantes nas atividades esportivas começaram a tramitar na Câmara Municipal e aguardam votação em 1º turno nas comissões temáticas.

O PL 1667/2011, de autoria do presidente da Câmara, vereador Léo Burguês de Castro (PSDB), cria o Pré-Vestibular Gratuito para alunos que cursaram ou cursam o último ano do ensino médio em escola da rede municipal. Pela proposta, o poder público, por meio da Secretaria Municipal de Educação, fica autorizado a oferecer gratuitamente curso preparatório para ingresso no ensino superior.

Não apenas em BH, mas em vários estados do Brasil, está disponível o Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. Através do mesmo, é possível que você realize cursos técnicos e profissionalizantes, dessa forma, o seu currículo irá crescer e você poderá ingressar no mercado de trabalho de maneira mais fácil.

Resultado de imagem para educação

Melhora na Educação

O curso deverá atender, prioritariamente, estudantes da rede municipal de Belo Horizonte. Alunos de escolas particulares ou residentes de outros municípios terão acesso ao curso pré-vestibular através de cotas que serão especificadas no projeto pedagógico do curso. O conteúdo programático do Pré-Vestibular Gratuito deverá ser compatível com a admissão dos alunos no ensino superior, constando, entre as disciplinas, aulas de orientação vocacional, cidadania e direitos humanos.

Para dar maior suporte e apoio aos pais na melhoria da educação dos filhos e complementando a proposta anterior, o PL 1669/2011, do vereador Adriano Ventura (PT), prevê a criação do Programa BH P.F.E. Professores de Famílias e Educadores Comunitários.

O programa consiste em ações educativas, pedagógicas e de apoio social junto às comunidades e às famílias, com o objetivo de melhorar o nível educacional e a formação cidadã dos alunos e famílias. Serão traçados planos de ação com acompanhamento escolar dos alunos e aulas de reforço e combate à evasão escolar. Além disso, serão feitas visitas periódicas às famílias dos alunos para identificar, mapear e desenvolver o plano educacional.

Jogos Escolares

Fomentar a prática esportiva entre os alunos da rede municipal de ensino e contribuir para seu desenvolvimento integral são os objetivos do PL 1683/2011, de autoria dos vereadores Alberto Rodrigues (PV), Arnaldo Godoy (PT) e Heleno Abreu (PHS). A proposta institui os Jogos Escolares de Belo Horizonte, que serão reconhecidos como etapa dos Jogos Escolares de Minas Gerais.

Segundo os autores do projeto, a realização dos jogos aumentará a participação dos estudantes em atividades esportivas, promovendo a integração social e o exercício da cidadania e facilitando a descoberta de novos talentos.

Vestibular de Inverno PR

A partir do dia 1º de abril, estarão abertas as inscrições para o Vestibular de Inverno da Universidade Estadual de Maringá (UEM). São 1.488 vagas que serão distribuídas em mais de 60 cursos. Do total de vagas, 20% fazem parte do programa de cotas sociais praticado pela universidade.

As provas serão realizadas entre os dias 07 e 09 de julho, nas cidades de Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama. No primeiro dia, será aplicada a prova de Conhecimentos Gerais. Já no segundo dia, será aplicada a prova de Língua Portuguesa, Literatura Brasileira e Literatura Estrangeira. Por fim, no terceiro dia haverá uma prova de Conhecimentos Específicos.

O resultado do vestibular de inverno da UEM deve sair no dia 26 de julho e as matrículas serão efetuadas juntamente com os aprovados no vestibular de verão, entre os dias 10 e 13 de janeiro.

As inscrições devem ser realizadas somente pela internet, no endereço www.vestibular.uem.br, até o dia 24 de abril. A taxa de inscrição do processo seletivo é de R$ 110,00 e pode ser paga até o dia 26 de abril.

Você pode se inscrever no Sisu 2019 e entrar na UEM dessa maneira, para isso, basta conferir o edital Sisu 2019 e ficar atento as datas e prazos.

Vestibular de Inverno PR
Vestibular de Inverno PR

O manual do candidato com a relação dos cursos e demais informações sobre o processo seletivo também está disponível no endereço eletrônico citado acima.

Cursos Profissionalizantes

Existem diversos tipos de cursos profissionalizantes para as pessoas que desejam se qualificar no mercado de trabalho e ter uma melhor renda financeira. O destaque desses cursos é a duração de tempo, que é de no máximo dois anos, o que facilita para quem deseja entrar rápido no mercado de trabalho.

Os cursos profissionalizantes estão disponíveis em diversas áreas, procure o que mais lhe agrade e faça. Mas se você não tiver uma boa renda financeira para isso o Educa Mais Brasil lhe ajuda, esse programa fornece bolsas de estudos parciais e integrais para diversos estudantes, desde o ensino básico, cursos profissionalizante e até mesmo de pós-graduação.

Se você quiser participar e ter mais informações basta acessar o site do programa ou então ligar para o telefone Educa Mais Brasil. Para que você seja aprovado no programa é necessário que comprove que não possui condições financeiras para pagar tal curso.

Lembramos também que caso você abandone o curso, perderá o benefício e será difícil para consegui-lo novamente.