Universidade FEEVALE

Primeiramente tenha conhecimentos dos cursos do Vestibular FEEVALE 2019 para que você se informe se aquele que você tem interesse em fazer está disponível. Com certeza vai estar por que essa universidade tem muitos cursos e voltados para várias áreas, por isso separamos uma lista com esses cursos, é sempre bom se informar direitinho para que você saiba as oportunidades, hoje em dia a gente tem muitas oportunidades para estudarmos e nos preparamos, então manter o foco é mais do que essencial.

Abaixo a lista informando alguns dos cursos do Vestibular FEEVALE 2019, saiba que não deixamos todos, apenas alguns para o seu conhecimento, porque realmente a lista é bem grande, e esses cursos variam entre cursos de licenciatura e também de bacharelado, dê uma olhada nas informações:

  • Administração
  • Artes Visuais
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Contábeis
  • Farmácia
  • Fotografia
  • Design Gráfico
  • Gestão Pública
  • Logística
  • Publicidade e Propaganda

A FEEVALE é uma universidade do sul do país, mas, existem muitas no estado de São Paulo de qualidade, e para auxiliar os estudantes da rede pública do estado a ter mais conhecimento foi criado o Caderno do Aluno, que tem a intensão de igualar o ensino em todas as escolas públicas do estado.

Se você tem interesse não deixe de efetuar sua inscrição no Vestibular FEEVALE 2019 entrando no site agora mesmo. Faça isso para não perder o prazo, caso contrário somente no próximo semestre para que você possa iniciar os seus estudos, o que acaba atrasando seis meses para tal. Então não deixe que isso aconteça.

Ainda bem que dá para fazer pela internet o que permite que a pessoa tenha mais agilidade, e os que moram fora não precisar estar indo à instituição somente para isso, podem muito bem fazer pela internet e com a maior facilidade que existe. Aproveite os recursos e faça seu cadastro o quanto antes, isso sim garante sua participação.

Resultado do Vestibular FEEVALE 2019

Será disponibilizado no site em torno de duas semanas posterior a aplicação da prova. Dessa forma não deixe de estar conferindo se você foi aprovado(a).

Imposto Automotivo em Minas Gerais

IPVA Minas Gerais 2019 – Consulta Detran MG – Confira abaixo informações a respeito do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA 2019 do Estado do Minas Gerais.

Resultado de imagem para transito

Para o IPVA 2019 não são esperadas mudanças em relação aos últimos exercícios e assim os contribuintes do Estado do Minas Gerais poderão ter uma base e se prepararem para o pagamento do imposto levando em conta as regras de 2014.

A Secretaria de Estado da Fazenda – Sefaz MG deve definir e divulgar todas as informações e regras do tributo entre outubro e dezembro deste ano.

Os contribuintes devem contar mais uma vez com a opção de pagamento com 20% de desconto. Para isso deverão quitar o IPVA 2019 à vista até a data de vencimento da primeira parcela, previsto para o mês de março.

Quem preferir poderá pagar parcelado, em seis cotas iguais e sucessivas, com vencimentos em março, abril, maio, junho, julho e agosto. A opção de parcelamento, porém, não dá direito a desconto algum.

Os boletos IPVA Minas Gerais 2019 serão entregues pelos Correios, pois visa atingir principalmente os contribuintes que não têm acesso à internet, como é o caso de muitos municípios do interior.

Quem tiver acesso à internet poderá imprimir o boleto para pagamento e consultar o IPVA Minas Gerais 2019 Detran-MG no site oficial da Sefaz, disponível no endereço eletrônico http://www.sefaz.mg.gov.br/.

Os pagamentos poderão ser efetuados em qualquer agência do Banco do Brasil, Santander, Itaú Unibanco, Bradesco e Basa.

O pagamento fora do prazo sofre incidência de multa, que é calculada sobre o valor do imposto, sendo 0,33% por dia de atraso, até 20% quando o pagamento ocorrer em até 60 dias após o vencimento, mais juros de mora de 1% ao mês.

Há isenção do IPVA 2019 no Minas Gerais para alguns casos: estão automóveis na prestação de serviço de transporte de passageiros (táxi), veículos especiais para deficientes físicos, veículos de transporte coletivo urbano ou metropolitano, veículos das instituições religiosas de qualquer culto, veículos que tenham mais de dez anos e veículos que tenham sido transferidos de outra unidade federada para o Estado do Minas Gerais.

No Minas Gerais o valor do IPVA é determinado com base no valor do veículo, de acordo com a Tabela Fipe, sendo aplicadas as alíquotas de 3% para automóveis, caminhonetes e embarcações recreativas ou esportivas e 1,5% para ônibus, micro-ônibus, caminhões, cavalos mecânicos, motocicletas e similares ou qualquer outro veículo automotor não indicado anteriormente.

Cadastro em Programas Sociais

Hoje o governo brasileiro ajuda de diversas formas as famílias mais carentes do país. Um dos programas mais comuns que ajudam milhares de famílias brasileiras é o programa Bolsa Família 2019, onde uma renda é destinada a família toda mês.

Esse programa ajuda milhares de famílias brasileiras e muitas só dependem dessa renda. Porém, muitas pessoas não possuem informações e não recebem esse benefício.

Cadastro em Programas Sociais
Cadastro em Programas Sociais

O primeiro passo para obter o benefício é estar, obrigatoriamente, cadastrado no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico – esse cadastrado é feito exclusivamente pelas prefeituras municipais.

Já cadastrado no CadÚnico é só solicitar na prefeitura da sua cidade o cadastramento no programa Bolsa Família. Para isso você deverá estar munido dos seguintes documentos:

  • Para o responsável familiar: CPF ou título de eleitor;
  • Para os demais membros da família: qualquer documento de identificação, como por exemplo, a carteira de identidade, o CPF, o título de eleitor, a certidão de casamento ou de nascimento e/ou a carteira de trabalho. Por via das dúvidas, nós te aconselhamos a levar todos os documentos pessoais.
  • Documentos que comprovem a renda familiar – no caso os valores devem comprovar que a família vive com renda de até R$ 77,00 mensal e necessita do benefício.

Com todos esses documentos em mão é só pedir ao funcionário para fazer o cadastramento no programa.

Depois será feita uma seleção para assim receber o benefício. Essa seleção consiste pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) que seleciona, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas no programa. A preferência é única e exclusivamente feita para as famílias com menor renda apresentada.

O pagamento das parcelas é feito através de um cartão, o cartão Bolsa Família, que é emitido automaticamente, a partir do ingresso da família no programa.

Para você saber se já pode realizar o saque do seu benefício é necessário realizar a consulta Bolsa Família 2019, caso o seu benefício esteja disponibilizado, basta ir até uma agência da Caixa Econômica Federal.

Esse cartão é, normalmente, enviado por correio ou então retirado pessoalmente nas agências da CAIXA. Após o recebimento do cartão do bolsa família, o beneficiário deve se dirigir ao banco ou a uma lotérica e fazer o cadastramento de uma senha para conseguir sacar o montante do programa todos os meses.

Como Funcionam as Provas para Ingressar no Ensino Superior

O Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido como Enem é uma prova utilizada como uma forma de avaliar o rendimento escolar tanto dos alunos quanto dos professores da rede pública na atualidade.

O Enem é realizado em duas etapas, uma no sábado e outra do domingo. A inscrição enem 2019 ocorre no início de maio, e as provas ocorrerão em outubro. No Sábado temos as provas de Ciências Humanas e da Natureza, cada uma com 45 perguntas, totalizando 90 questões. No domingo, são mais 90 questões: 45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Linguagens e Códigos mais a Redação. As questões são todas de múltipla escolha, e a redação deve ter no mínimo 7 linhas.

Como Funcionam as Provas para Ingressar no Ensino Superior
Como Funcionam as Provas para Ingressar no Ensino Superior

Como Funciona o Enem

O ENEM continuará seguindo os mesmos critérios das edições anteriores do Exame Nacional do Ensino Médio. Havia a possibilidade de ter duas edições do Enem em 2019, mais essa opção foi descartada e seguira o mesmo cronograma de 2015.

Como todos já devem saber as provas deverão acontecer em novembro, que será dividida em dois dias. O edital do ENEM 2019 deve ser lançado um pouco antes do mês de maio, período que se caracteriza pelas inscrições dos estudantes.

A grande importância do Enem é a capacidade que o mesmo tem em fazer com que você consiga ingressar em uma faculdade particular através do ProUni (Programa Universidade para Todos) e também em faculdades estaduais e federais do Brasil inteiro, pois elas utilizam a nota do Enem nos seus processos seletivos.

As notas obtidas no ENEM poderão ser utilizadas nos programas Prouni e SISU, que concederão bolsas de estudos para os estudantes que tiveram bom desempenho no Exame. Enquanto não sai o gabarito do ENEM, comece a estudar desde já para obter um bom desempenho na prova.

Para mais informações e dúvidas você pode consultar no portal do Inep.

 

Melhora da educação é tema de projetos

Três projetos de lei que visam a melhorar a qualidade do ensino em Belo Horizonte e a aumentar a participação dos estudantes nas atividades esportivas começaram a tramitar na Câmara Municipal e aguardam votação em 1º turno nas comissões temáticas.

O PL 1667/2011, de autoria do presidente da Câmara, vereador Léo Burguês de Castro (PSDB), cria o Pré-Vestibular Gratuito para alunos que cursaram ou cursam o último ano do ensino médio em escola da rede municipal. Pela proposta, o poder público, por meio da Secretaria Municipal de Educação, fica autorizado a oferecer gratuitamente curso preparatório para ingresso no ensino superior.

Não apenas em BH, mas em vários estados do Brasil, está disponível o Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. Através do mesmo, é possível que você realize cursos técnicos e profissionalizantes, dessa forma, o seu currículo irá crescer e você poderá ingressar no mercado de trabalho de maneira mais fácil.

Resultado de imagem para educação

Melhora na Educação

O curso deverá atender, prioritariamente, estudantes da rede municipal de Belo Horizonte. Alunos de escolas particulares ou residentes de outros municípios terão acesso ao curso pré-vestibular através de cotas que serão especificadas no projeto pedagógico do curso. O conteúdo programático do Pré-Vestibular Gratuito deverá ser compatível com a admissão dos alunos no ensino superior, constando, entre as disciplinas, aulas de orientação vocacional, cidadania e direitos humanos.

Para dar maior suporte e apoio aos pais na melhoria da educação dos filhos e complementando a proposta anterior, o PL 1669/2011, do vereador Adriano Ventura (PT), prevê a criação do Programa BH P.F.E. Professores de Famílias e Educadores Comunitários.

O programa consiste em ações educativas, pedagógicas e de apoio social junto às comunidades e às famílias, com o objetivo de melhorar o nível educacional e a formação cidadã dos alunos e famílias. Serão traçados planos de ação com acompanhamento escolar dos alunos e aulas de reforço e combate à evasão escolar. Além disso, serão feitas visitas periódicas às famílias dos alunos para identificar, mapear e desenvolver o plano educacional.

Jogos Escolares

Fomentar a prática esportiva entre os alunos da rede municipal de ensino e contribuir para seu desenvolvimento integral são os objetivos do PL 1683/2011, de autoria dos vereadores Alberto Rodrigues (PV), Arnaldo Godoy (PT) e Heleno Abreu (PHS). A proposta institui os Jogos Escolares de Belo Horizonte, que serão reconhecidos como etapa dos Jogos Escolares de Minas Gerais.

Segundo os autores do projeto, a realização dos jogos aumentará a participação dos estudantes em atividades esportivas, promovendo a integração social e o exercício da cidadania e facilitando a descoberta de novos talentos.

Vestibular de Inverno PR

A partir do dia 1º de abril, estarão abertas as inscrições para o Vestibular de Inverno da Universidade Estadual de Maringá (UEM). São 1.488 vagas que serão distribuídas em mais de 60 cursos. Do total de vagas, 20% fazem parte do programa de cotas sociais praticado pela universidade.

As provas serão realizadas entre os dias 07 e 09 de julho, nas cidades de Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama. No primeiro dia, será aplicada a prova de Conhecimentos Gerais. Já no segundo dia, será aplicada a prova de Língua Portuguesa, Literatura Brasileira e Literatura Estrangeira. Por fim, no terceiro dia haverá uma prova de Conhecimentos Específicos.

O resultado do vestibular de inverno da UEM deve sair no dia 26 de julho e as matrículas serão efetuadas juntamente com os aprovados no vestibular de verão, entre os dias 10 e 13 de janeiro.

As inscrições devem ser realizadas somente pela internet, no endereço www.vestibular.uem.br, até o dia 24 de abril. A taxa de inscrição do processo seletivo é de R$ 110,00 e pode ser paga até o dia 26 de abril.

Você pode se inscrever no Sisu 2019 e entrar na UEM dessa maneira, para isso, basta conferir o edital Sisu 2019 e ficar atento as datas e prazos.

Vestibular de Inverno PR
Vestibular de Inverno PR

O manual do candidato com a relação dos cursos e demais informações sobre o processo seletivo também está disponível no endereço eletrônico citado acima.

Cursos Profissionalizantes

Existem diversos tipos de cursos profissionalizantes para as pessoas que desejam se qualificar no mercado de trabalho e ter uma melhor renda financeira. O destaque desses cursos é a duração de tempo, que é de no máximo dois anos, o que facilita para quem deseja entrar rápido no mercado de trabalho.

Os cursos profissionalizantes estão disponíveis em diversas áreas, procure o que mais lhe agrade e faça. Mas se você não tiver uma boa renda financeira para isso o Educa Mais Brasil lhe ajuda, esse programa fornece bolsas de estudos parciais e integrais para diversos estudantes, desde o ensino básico, cursos profissionalizante e até mesmo de pós-graduação.

Se você quiser participar e ter mais informações basta acessar o site do programa ou então ligar para o telefone Educa Mais Brasil. Para que você seja aprovado no programa é necessário que comprove que não possui condições financeiras para pagar tal curso.

Lembramos também que caso você abandone o curso, perderá o benefício e será difícil para consegui-lo novamente.

Saiba como usar a nota do Vestibulinho

ETEC – O Vestibulinho das Escolas Técnicas Estaduais foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar e selecionar estudantes paulistas par ingresso nas escolas técnicas estaduais. O Vestibulinho é aplicado pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc-SP).

O ETEC é utilizado como avaliador de conhecimento de estudantes do antigo Segundo Grau, avaliando seu conhecimento através de quatro provas em dois dias de Vestibulinho, e serve também como critério de seleção em várias universidades do Brasil.

Ensino Técnico ETEC 2018
Ensino Técnico – Oportunidade de Emprego e Renda

Acompanhe a seguir nos tópicos desse artigo o que é preciso para participar do ETEC e como usar sua nota para ingressar nas melhores universidades do país.

Como participar do ETEC 2018

A nota do Vestibulinho ETEC 2018 é, o passaporte para o futuro do participante, tendo diversas aplicações distintas para o ingresso de centenas de instituições de ensino superior, por isso a ansiedade dos participantes é muito grande e a nota final só sairá depois.

Para realizar a inscrição ETEC 2018 o participante deverá ficar atento as datas que estarão abertas e a partir da abertura acessar o site do INEP no endereço disponível abaixo e informar os dados solicitados para concluir essa etapa, confira:

  • Acesso o site: www.Etec.inep.gov.br;
  • RG;
  • CPF;
  • Algum comprovante de residência.

Após a inscrição o candidato deverá, acompanhar pelo site citado acima o cartão de confirmação onde irá conter a data, horário e local de prova.

O Gabarito ETEC 2018 poderá ser divulgado até o terceiro dia útil após a aplicação das provas, é importante que no dia do Vestibulinho para quem não gosta de esperar o resultado final, levar caderno de questões para fazer a conferencia quando o gabarito estiver disponível.

Poderá ser acessado pelo site da seduc através do endereço Etec.inep.gov.br, onde para consultar o ETEC gabarito 2018 o candidato terá que informar alguns dados como:

  • Número do seu Cadastro de Pessoa Física – CPF;
  • Número da sua inscrição;
  • Senha cadastrada no site.

Após está com o Gabarito ETEC, você poderá com o caderno de questões fazer a conferencia de acertos e com isso ter uma noção de seu desempenho nas provas do Vestibulinho pois o resultado final e definitivo será divulgado em Janeiro com a inclusão da nota obtida na prova de redação.

Como usar a nota do ETEC

A importância de tirar uma boa nota são várias, desde concorrer a vagas nas instituições públicas e privadas de ensino superior mais renomadas do país, até para utilizar a nota do Vestibulinho como parâmetro para ingressar em universidades.

Algumas faculdades privadas de todo o estado de São Paulo oferecem a possibilidade de usar a nota do Etec 2018 como forma de ingresso. As regras variam bastante entre as instituições, onde variam exigindo uma nota mínima nas provas objetivas e na Redação. Para alguns cursos, basta não ter zerado nas provas do Etec.

Prova Etec 2018
Prova Etec 2018

Muitas das universidades federais aderiam ao Etec como critério único para todas as vagas, enquanto outras aderiram para parte das vagas. Há também universidades públicas que exigem o Etec como complementação de nota ou primeira fase do vestibular.

Além de conseguirem participar dos programas do Governo Federal de acesso ao ensino superior, como Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em universidades públicas, Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo em faculdades particulares, FIES o financiamento estudantil a juros baixos, os participantes podem usar essa nota outros programas como:

Ciência sem Fronteiras

O programa do governo federal oferece bolsas de estudo para intercâmbios no exterior destinado a alunos de graduação e pós. Para participar da seleção de bolsas durante a graduação, é preciso ter feito a prova do Vestibulinho e conseguido a média mínima de 600 pontos na edição do Etec 2018. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.

SISUTEC Inscrições: Vagas e Cursos

Fazer um curso técnico profissionalizante é possível com o SISUTEC inscrições 2018. Se você não tem condições de pagar pelas mensalidades de um curso, pode inscrever-se e concorrer a uma bolsa. É fácil participar do SISUTEC inscrições 2018 e hoje você saberá como.

SisuTec 2018
SisuTec 2018

O SISUTEC, Sistema de Seleção Unificada de Educação Profissional e Tecnológica, é um programa que oferece vagas gratuitas em cursos técnicos profissionalizantes nas melhores escolas de todo o país.

Hoje em dia, estar bem qualificado não é mais um diferencial e sim um requisito básico para quem quer se destacar e aumentar suas chances no mercado de trabalho. Portanto, se você está encontrando dificuldades para conseguir um emprego, pode contar com o SISUTEC 2018.

Nos últimos anos, o governo vem investindo fortemente em programas que democratizem a educação em todos os níveis, permitindo que a população mais pobre possa iniciar/concluir os estudos básicos ou se especializar, como é o caso do SISUTEC.

Quem Pode Participar do SISUTEC Inscrições 2018?

O objetivo do programa é atender a população de baixa renda, portanto, para que você possa concorrer a uma das bolsas, não deve ter condições de pagar pelas mensalidades do curso desejado.

No momento de efetivar a matrícula, a instituição pode exigir algum documento comprovatório de renda, portanto, só faça a inscrição se você realmente não tiver condições de pagar pelo curso.

Além disso, para poder participar em 2018, é preciso ter realizado o ENEM em 2016, já que a inscrição no SISUTEC será feita através do número de inscrição e senha da última edição do ENEM.

inscrição sisutec

Quais São os Documentos Necessários Para Participar do SISUTEC 2018?

No momento da inscrição SISU 2018, o candidato precisa ter em mãos o número de sua inscrição do ENEM 2016 e sua respectiva senha.

Caso aprovado, no momento da efetivação da matrícula, o candidato precisará apresentar outros documentos. Essa informação será dada ao candidato pelo sistema do SISUTEC quando ele estiver fazendo sua inscrição.

Como e Quando Fazer a Inscrição?

Atualmente, o SISUTEC realiza dois processos seletivos por ano. O primeiro processo seletivo é realizado no início do primeiro semestre, enquanto o segundo ocorre no início do segundo semestre.

O calendário oficial de 2018 ainda não foi divulgado, mas se seguir o mesmo padrão dos anos anteriores, as inscrições deverão ser abertas em janeiro/fevereiro e junho/julho.

As inscrições são realizadas no site oficial do programa.

Ao se candidatar, o candidato deverá informar seus dados pessoais como nome, RG, CPF, endereço, telefone e e-mail, além do número de inscrição e senha do ENEM 2018, como já dissemos.

No momento da inscrição, é possível escolher até 2 cursos de interesse: um prioritário e outro secundário. Se, por algum motivo, o candidato não for aprovado no primeiro, pode conseguir uma bolsa para o segundo.

Quais Cursos Estão Disponíveis no SISUTEC 2018?

Cursos de diversas áreas deverão ser oferecidos pelo SISUTEC e suas instituições parceiras em 2018. Veja alguns deles:

  • Técnico em Edificações
  • Técnico em Logística
  • Técnico em Podologia
  • Técnico em Eventos
  • Técnico em Informática Pela Internet
  • Técnico em Massoterapia
  • Técnico em Rádio e TV
  • Técnico em Processos Fotográficos
  • Técnico em Hospedagem

Como Entrar em Contato com o SISUTEC?

Se você tem alguma dúvida, pode entrar em contato com o SISUTEC através do seguinte telefone:

  • 0800 616161 (a ligação é gratuita e você deverá digitar a opção 8)

Aposentadoria da Previdêcnia Social – Como Funciona?

INSS Aposentadoria 2018 – Uma das maiores autarquias do Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS 2018) tem como objetivo resolver todos os assuntos que englobam a providência social, saúde e assistência social. Dentre esses serviços encontra-se a aposentadoria, que beneficia milhares de pessoas localizadas nos quatro cantos do País. Veja mais informações sobre a aposentadoria do INSS e fique por dentro do assunto.

INSS Aposentadoria 2018

Através do Site INSS 2018 www.previdencia.gov.br é possível calcular a simulação da INSS aposentadoria 2018. Para os trabalhadores o cálculo poderá ser realizado da seguinte maneira: simulação da contagem de tempo de contribuição e simulação do valor INSS de acordo com a lei.

www.previdencia.gov.br.

Tipos de INSS Aposentadoria 2018

Todas as regras para os tipos de aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social, poderão ser encontradas através do site da previdência, os tipos de INSS aposentadoria 2018 são as seguintes:

  • Aposentadoria Especial: para ter direito a esse tipo de aposentadoria é necessário comprovar carência de contribuições mensais e o tempo de trabalho em que ficou exposto a agentes químicos, físicos e biológicos, seja por 15,20 ou 25 anos;
  • Aposentadoria por idade rural: neste caso tem direito o trabalhador rural a partir de 60 anos para o sexo masculino e de 55 anos para o sexo feminino;
  • Aposentadoria por idade urbana: além de cumprir todas as exigências estabelecidas, terá direto a aposentadoria por idade urbana os homens que tiverem 65 anos ou mais e as mulheres que possuírem 60 anos;
  • Aposentadoria por idade da pessoa deficiência: benefício para as pessoas que possuem deficiências e impedimentos comprovados de natureza mental, física, dentre outros, que encontram barreiras para exercer de forma plena seu papel na sociedade;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição previdenciária: destinada às pessoas que possuem 35 anos de contribuição, no caso do homem, e 30 anos de contribuição no caso da mulher, isso para aposentadoria integral por tempo de contribuição;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição previdenciária da pessoa com deficiência: trata-se de benefício destinado as pessoas caracterizadas, perante a lei, como impossibilitadas de exercer suas funções. Neste acaso, haverá conversão do tempo de contribuição;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição previdenciária do professor: destinada aos professores que comprovarem o tempo de contribuição. Para professora o tempo exigido é de 25 anos e para professor é de 30 anos;
  • Aposentadoria por invalidez: direito dos trabalhadores que por doença ou acidente estão impossibilitados de trabalhar.